Campainha-da-china – Platycodon grandiflorus

Campainha-da-china – Platycodon grandiflorus


Nome Científico: Platycodon grandiflorus
Nomes Populares: Campainha-da-china, Campainha-chinesa, Flor-balão, Platicodon
Família: Campanulaceae
Categoria: Flores Perenes
Clima: Continental, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
Origem: Ásia, China, Coréia do Norte, Coréia do Sul, Japão
Altura: 0.6 a 0.9 metros
Luminosidade: Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene
 
 

cchina1



 Planta herbácea de clima temperado, que chama a atenção por suas delicadas flores em forma de estrela. Seu caule é delgado, de porte pequeno, alcançando cerca de 80 cm de altura. As folhas são simples, ovaladas a lanceoladas, opostas e com margens denteadas. O florescimento ocorre no verão e no outono.

 As campainhas-chinesas já são atrativas antes de desabrocharem, pois seus botões se assemelham a graciosos balões. As flores são campanuladas, pentâmeras, com nervuras evidentes e podem ser simples ou dobradas. As cores variam entre diferentes tonalidades de azul, violeta, rosa e branco, de acordo com a variedade. Os frutos são do tipo cápsula e devem ser deixados a secar na planta, para a posterior coleta das sementes.

 A campainha-da-china é uma espécie rústica, de baixa manutenção e própria para a formação de bordaduras e maciços. Sua delicadeza e as cores suaves de suas flores trazem paz e sofisticação ao jardim. Também pode ser plantada em vasinhos e jardineiras e as flores são relativamente duráveis depois de cortadas, e podem ser aproveitadas como flor de corte em belos arranjos florais. No oriente, esta planta é utilizada como alimento, em sopas e saladas, e como medicamento, com propriedades antinflamatórias, usado no tratamento de afecções respiratórias.

cchina4

 

 

cchina2

 Deve ser cultivada no sol pleno, em solo fértil, leve, bem drenado, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Planta típica de clima temperado é capaz de tolerar temperaturas abaixo de 0ºC. Apesar de perene, pode necessitar replantio anual devido à perda do vigor. Fertilizações leves semanais estimulam o crescimento e a floração. Após a primeira floração, os ramos que já floriram devem ser cortados, encorajando assim a planta a florescer novamente por duas ou três vezes. Multiplica-se por sementes postas a germinar após a última geada ou em ambientes protegidos. Pode ser propaganda por divisão da planta, tomando-se o cuidado de não ferir as raízes.


cchina3

boletim